Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 15 de março de 2016

Agachamento búlgaro: como fazer e para que serve

 

Logo de cara, o agachamento búlgaro parece ser um acidente esperando para acontecer, mas não se engane, esta variação de agachamento é extremamente efetiva e mais segura que o agachamento tradicional.
Mas com tantas opções de agachamento e exercícios para pernas, porque alguém iria querer incluir justamente esta variação, que parece ser a mais desajeitada (e suspeita) de todas ?
Simples.
As aparências enganam, e muito.
Primeiramente, o agachamento búlgaro coloca menos estresse na lombar que o agachamento tradicional, já que você faz o exercício com uma perna de cada vez e com carga total inferior.
Ao usar halteres (anilhas ou kettlebells), você exclui boa parte da compressão na espinha que seria causada pela barra carregada nas costas.
Outro benefício é que esta variação não requer rack de agachamento, o que expande significativamente o seu horizonte na academia.
Pense.
Talvez você esteja treinando em casa, talvez sua academia não tenha um rack ou talvez você tenha ido treinar às 21h e ele já está sendo revezado por 32 pessoas.
As situações são inúmeras e em todas elas o agachamento búlgaro pode substituir o tradicional com louvor.
Tudo o que você precisa para fazer esta variação é um par de halteres e um lugar para elevar seu pé.
agachamento búlgaro
Na verdade, o agachamento búlgaro é tão desafiador que se você fizer o movimento lentamente e com bastante repetições, mesmo sem peso você consegue fatigar as pernas.
Mas o exercício não é apenas um quebra galho para quem não pode fazer agachamento tradicional, a variação búlgara é extremamente eficaz para construir massa muscular no quadríceps, posteriores e glúteos.
Por ser feito de maneira unilateral (uma perna de cada vez), é uma ótima maneira para corrigir problemas de simetrias nas pernas causadas por anos de agachamento tradicional.
O melhor de tudo ?
Você não precisa ficar entre um ou outro tipo de agachamento. Você pode continuar usando o agachamento livre tradicional como seu exercício primário e ainda adicionar o búlgaro no treino, assim como a rosca direta e a rosca alternada podem fazer parte do mesmo treino de bíceps.
O benefício de adicionar o búlgaro na sua rotina atual é que, além de trabalhar os músculos de forma unilateral, ele também pode melhorar mobilidade, flexibilidade e gerar um estímulo inédito para os músculos crescerem.
O único “problema” é que o agachamento búlgaro não é um exercício de ego, ou seja, você não pode usar uma tonelada de carga e até mesmo usando pouco peso, a execução do exercício não é fácil.

Como fazer o agachamento búlgaro ?


  1. Comece ficando em pé a frente de um banco e segurando um par de halteres/kettlebells/anilhas em ambas as mãos.
  2. Coloque uma das pernas para trás e apoie o peito do pé no banco.
  3. Mantenha o tronco ereto e comece a agachar lentamente flexionando o joelho da perna que não está no banco.
  4. Desça até que a perna flexionada fique paralela ao chão e então levante até ficar na posição inicial.
  5. Faça todas as repetições com uma perna e então com a outra, descanse e inicie a próxima série.
Não faça este exercício sem a supervisão de um professor, pois ele pode ser perigoso se você não souber o que está fazendo.

Dicas extras

  • Se você nunca fez agachamento búlgaro, comece usando os halteres mais leves possíveis ou até sem halteres para praticar a execução. O exercício parece ser “estranho” no inicio e a sensação é normal. A partir do momento que você ficar a vontade, aumente a carga.
  • Quão longe ou perto você fica do banco vai depender da sua estrutura individual, encontre a que mais deixa o exercício confortável para você.
  • Mesmo assim, se o seu joelho estiver passando muito da linha do pé na descida, você está perto demais do banco.
  • Conforme você for evoluindo e usando halteres mais pesados, a força na pegada pode ser um problema desnecessário. Sinta-se livre para usar straps neste caso.

Palavras finais

Se você estava procurando uma alternativa eficiente para o agachamento tradicional ou simplesmente adicionar variedade ao treino, o agachamento búlgaro cumprirá a tarefa.
E não seja enganado pelas impressões; apesar de usar menos carga que outras variações de agachamento, a versão búlgara é suficientemente difícil e pode gerar os mesmos ganhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário