Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 28 de março de 2016

Treino, dieta e suplementos VS. acne: o guia do marombeiro para uma pele sem espinhas


 

De que adianta se dedicar para construir um corpo mais estético e saudável, se ele estiver coberto por espinhas ? Independente de qual seja o grau do seu problema, é possível tomar algumas precauções para suavizar ou eliminar completamente o problema – sem apelar para remédios como Roacutan.

Acne vs. Treino

Apesar do treino intenso ser capaz de aumentar a produção de hormônios anabólicos como a testosterona (que tem forte ligação a acne), este aumento não é tão grande ou duradouro ao ponto de piorar o seu quadro. Pessoas com muitapredisposição podem notar uma piora no primeiro contato com a musculação, mas para a maioria das pessoas, as mudanças hormonais causadas pelo treino não são as culpadas pelo aumento das espinhas.
Mas existem maneiras indiretas que o treino pode estar causando o problema:
  • Falta de higiene pessoal: não tomar banho e trocar de roupas depois do treino pode facilitar a proliferação de bactérias e inflamação nos poros devido a transpiração (suor).
  • Estresse: treinos mal elaborados com muito volume e que não permitem descanso adequado podem causar estresse desnecessário. E níveis elevados de estresse podem piorar o quadro de acne. Isto vale para outras fontes de estresse também.
Resumo
Flutuações hormonais causadas pelo treino dificilmente serão a causa da acne para a maioria das pessoas e mesmo que fossem, parar de treinar não é uma opção para quem quer mudar o corpo. O que podemos fazer para minimizar a acne neste aspecto é cuidar da higiene pessoal (tomar banho após o treino e sempre estar com roupas limpas) e seguir treinos sensatos que não aniquilem a sua capacidade de recuperação.

Alimentação e Suplementos vs. Acne

Ao contrário do treino em si, a alimentação e suplementação podem influenciar diretamente no quadro de acne:
  • Aumento na ingestão de calorias: se você tem como objetivo ganhar massa muscular, você provavelmente vai ter que comer mais que o comum. O aumento na ingestão de calorias inevitavelmente vai fazer com que você produza mais insulina, e isto pode aumentar a quantidade de óleo produzido pelas glândulas sebáceas.
  • Carboidratos de alto índice glicêmico: açúcares, malto, dextrose, refrigerantes e qualquer carboidrato que seja de alto índice glicêmico causará picos de insulina, que como já vimos, pode piorar o quadro de acne através do aumento na produção de oleosidade na pele.
  • Laticínios: leite, queijos, iogurte e até whey protein podem causar um aumento na liberação de IGF-1 um hormônio capaz de ativar as glândulas sebáceas.
Resumo
Na verdade, existem vários outros alimentos que podem causar crises de acne em diferentes tipos de pessoas, contudo, quando criamos um plano alimentar para hipertrofia, coincidentemente poderá haver um aumento no consumo de calorias, uso de carboidratos de alto índice glicêmico e derivados do leite, e estes notoriamente podem piorar as espinhas em pessoas com predisposição. Mas, com exceção do aumento na ingestão de calórica, é possível elaborar uma dieta sem a presença de carboidratos de alto índice glicêmico e laticínios, sem afetar os seus resultados.

Genética tem grande influência

O que deixa muitas pessoas furiosas é que a acne não “ataca” todos da mesma forma. Não há regras quando o assunto é espinhas: você pode tomar todas as precauções possíveis sem obter sucesso ou pode se curar com pequenas mudanças de hábitos. Tudo vai depender da sua genética.
Neste texto mostramos hábitos que costumam piorar o quadro de acne na maioria e existem grandes chances de você diminuir (ou melhorar completamente) evitando-os, mas infelizmente não há garantias. É importante também observar outros hábitos que costumam causar crises em você especificamente e aprender a evitá-los.
Referências e leitura complementar

Nenhum comentário:

Postar um comentário