Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

4 razões para você NUNCA fazer um bulking sujo

m falar que para crescer é necessário comer tudo o que vier pela frente, sem frescura, do contrário esqueça resultados ?Isto se chama bulking sujo.
Mas ao mesmo tempo que realmente é necessário comer mais do que o necessário para promover o ganho de massa muscular, não é necessário virar uma bola de banha para isso.
Para quem não sabe, bulking (limpo) é a fase onde focamos a nossa dieta exclusivamente para o ganho de massa muscular, evitando ao máximo o ganho de gordura.
Já um bulking sujo é quando o foco da dieta é para ganho de massa muscular, mas sem se importar com a qualidade dos alimentos ou quanta gordura será ganha durante este processo.
Muitas pessoas preferem seguir o segundo protocolo com o intuito de acelerar as coisas e ganhar massa muscular em menos tempo, mas na maioria das vezes não é isto o que acontece.
Entenda porque, na esmagadora maioria da vezes, bulking sujo é uma péssima ideia.

Razão 1 – A gordura começará a fazer parte de você (é sério)

Células de gordura são como saquinhos e quanto mais gordura você coloca neles, maiores eles ficam.
Porém, os saquinhos tem uma capacidade limitada de armazenamento, a partir do momento que eles começam a ficar lotados, e como o corpo é uma maravilhosa máquina de acumular energia, esses saquinhos começam a se multiplicar em número.
Trocando em miúdos, quando você começa a comer demais e começar a acumular gordura, vai chegar um ponto que as células de gordura vão começar a se multiplicar através de um processo chamado hiperplasia adipocitária e é aqui que mora o problema.
Veja bem.
Quanto mais células de gordura você tem, mais fácil é o armazenamento de gordura. Este é o principal motivo para pessoas obesas continuarem cada vez mais obesas e com cada vez mais facilidade.
Isto significa que fazer um simples bulking sujo vai lhe transformar no homem mais obeso do Brasil ?
Não.
Isto significa apenas que se você ganhar gordura sem controle e por um tempo considerável, esta gordura ficará cada vez mais difícil de ser perdida no futuro e poderá atrapalhar muito a sua jornada.

Razão 2 – Vai sacanear seus hábitos alimentares

A maioria das pessoas que adotam o bulking sujo não filtram a qualidade dos alimentos que são ingeridos e acabam consumindo bastante porcaria neste processo, isso quando o objetivo não é somente comer lixo com a desculpa de que está em “bulking”.
Acontece que quando ingerimos essas porcarias gostosas, liberamos um neurotransmissor chamado dopamina que está ligado ao sistema de recompensa.
Nosso cérebro ama dopamina e vai fazer de tudo para ter mais – independente de ser algo saudável ou não.
Por isso drogas que liberam dopamina (ex: cocaína) viciam quando usadas com frequência e, acredite ou não, quando comemos porcarias com frequência, ocorre mesma coisa.
Mas ao mesmo tempo que você não vai começar a cometer crimes e vender os eletrodomésticos de casa para poder bancar o seu vício por bigmacs, ficar comendo porcarias toda hora e em grande quantidade vai definitivamente facilitar o surgimento de um hábito ruim.
Hábito que poderá ser bem difícil de mudar no futuro dependendo de como for a química no cérebro da pessoa.
Pessoas mais suscetíveis a vícios, poderão criar o hábito de comer porcarias e vão passar por momentos difíceis quando precisarem fazer dieta rígida. Por isso tantas pessoas tem recaídas quando tentam fazer dieta e na primeira oportunidade voltam aos hábitos antigos (ruins).

Razão 3 – MENOS ganhos

Engana-se quem pensa que um bulking sujo vai gerar ganhos mais rápidos ou maiores do que uma estratégia bem calculada.
Acontece que quando comemos tudo o que vemos pela frente, isto significa comer também alimentos que potencialmente geram maior liberação de insulina; coisas como açúcares, massas, refrigerantes, bolos, doces, etc…
Conforme a situação se estende podemos ficar cada vez mais resistente a insulina.
Em termos simples, quanto mais resistência a insulina nós temos, mais nutrientes serão guardados como gordura em vez de serem usados para construir massa muscular.

Razão 4 – Você vai se sentir mal

Não é segredo de estado que açúcar, gorduras trans e alimentos processados em geral vão atrapalhar o sistema endócrino e mexer em coisas que vão fazer você se sentir mal.
bulking-sujo
E são justamente esses nutrientes que vão estar presentes na maioria dos bulks sujos.
Comendo mal (e ainda ganhando peso), você vai se sentir mal, letárgico, cansado, vai dormir pior e ainda vai ter ereções piores.
Talvez seja em um nível sutil que você não perceba imediatamente, ou pior, você já está acostumado e pensa que isso é normal.
Em todos os casos, comendo lixo, inevitavelmente, você vai se sentir um lixo.

Palavras finais

A não ser que você seja um fisiculturista que está consumindo grandes quantidades de esteroides anabolizantes e GH diariamente, bulking sujo definitivamente não é para você – nem mesmo se você for um ectomorfos.
Ectomorfos podem precisar comer mais do que outras pessoas para ganhar peso, mas isto também não significa comer apenas lixo e ficar gordo posteriormente.
Independente de qual seja sua genética, o melhor bulking é aquele que você consegue crescer com o mínimo de acúmulo de gordura.
Isto significa  comer apenas o suficiente para gerar hipertrofia, mas não para ficar obeso.
Dentro dessa regra, você também não precisa comer apenas frango e batata doce. Apenas tenha certeza que a maioria das suas calorias vem de bons alimentos, mas também tenha um espaço para os “lixos” para aumentar a flexibilidade e longevidade da dieta. E quando não for possível comer corretamente, em último caso é melhor comer (qualquer coisa) do que não comer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário