Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

10 Erros comuns que as Mulheres cometem para Perder Gordura


Perder Gordura em MulheresPerder Gordura, para muitas mulheres, soa como um tabu ou bicho de sete cabeças. Toda mulher sabe o quanto é difícil perder “aqueles quilinhos” que vão se acumulando com o tempo. Para perder gordura é preciso entender que o mais difícil em muitos os casos é perder hábitos e costumes que, ao primeiro olhar, parecem inofensivos à saúde e à sua alimentação. Segue aqui a lista dos 10 Erros mais comuns que as mulheres cometem quando desejam perder gordura.

#1 Seguir um programa de Dieta anunciado em Revista ou TV


Anúncios na mídia do tipo: “PERCA 2 KG POR SEMANA”, “DIETA DA SOPA”, “DIETA DE HOLLYWOOD”, ou de produtos e cápsulas milagrosas são muito comuns. Mas, como já foi comentado aqui em vários posts, cada organismo funciona de maneira individual; o que é bom para uma pessoa pode ser péssimo para outra.
Importante lembrar que perdas bruscas de peso geralmente são acompanhadas de um ganho de peso posterior (o temido “efeito sanfona”), pois se constituem principalmente de perda de massa muscular e não de gordura.
SOLUÇÃO: Procure um Nutrólogo ou Nutricionista para orientar a sua reeducação alimentar.

#2 Ignorar o Óbvio


Muitas mulheres tendem a acreditar que conseguem contornar uma má alimentação com outros recursos, como uma atividade física ou Sucos Detox. Compensar um final de semana de bebidas alcoólicas e comidas cheias de gorduras e frituras com um ou dois dias de refeições mínimas,  apenas com saladas ou frutas – ou “fechando a boca”, passando longos períodos de jejum.
SOLUÇÃO: As mulheres precisam ter um olhar honesto em sua alimentação. Um diário alimentar pode ajudá-las nesse objetivo, podendo assim, descobrir que aqueles petiscos e lanches aparentemente inocentes podem ser os principais responsáveis pela não perda de peso.

#3 Comer Falsos Alimentos Saudáveis


Barras de cereais cheias de açúcar, sucos de frutas altamente calóricos, pães e massas “fit” cheias de farinha branca refinada, esses são apenas alguns exemplos de como a indústria de alimentos engana as consumidoras que buscam nesses tipos de alimentos uma forma de perder gordura.
Esses tipos de alimentos servem apenas para dar a falsa impressão de que a pessoa está comendo de forma saudável, mas por serem apenas uma enganação cheia de açucares e calorias, fazem seus consumidores extravasarem ainda mais em suas dietas.
SOLUÇÃO: Durante um plano alimentar busque alimentos reais e fontes de proteínas naturais, como ovos, carnes brancas, carne vermelha magra e derivados de soja. Carboidratos de farinha 100 % integral, legumes, verduras, cereais integrais, gorduras de oleaginosas e sementes, também são grandes aliados.

#4 Obsessão em comer para Perder Gordura e não para a Hipertrofia Muscular


Algumas mulheres parecem estar sempre “em uma dieta.” O estranho é que essas mesmas mulheres parecem estar sempre do mesmo jeito. Aqui está o problema: a maioria das mulheres que fazem continuamente a perda de gordura uma prioridade não percebem que elas se tornariam muito mais eficientes na queima de gordura se simplesmente ganhassem mais massa muscular.
Comer a pesar menos vai fazer as mulheres ficarem menores, o que vai obrigá-las a comer menos, a fim de ficar ainda menores. Nesse processo, maior parte do peso perdido é de massa muscular. Assim, o metabolismo fica mais lento e as calorias precisam ser reduzidas novamente e novamente para continuar a perda de peso, mesmo com as gordurinhas e celulites continuando alí.
Essas mulheres reclamam que “fazer dieta não funciona!”. A menos que estejam muito acima do peso, a maioria mulheres se beneficiariam muito mais de um programa de hipertrofia muscular para perder gordura indesejada e conseguir um corpo magro de forma permanente.
SOLUÇÃO: Construindo mais músculos o metabolismo aumentará, favorecendo a queima de gordura de uma forma permanente e saudável e ainda possibilitará a mulher comer muito mais durante o dia, pois para manter a massa muscular é necessário um maior consumo calórico (lembrando que este não é um aval para comer besteiras, mas sim, recarregar o organismo com alimentos saudáveis).

#5 Problemas Emocionais


Mulheres dão mais significado à alimentação do que os homens. Quando os homens cometem abusos alimentares eles apenas dizem “ops” e seguem em frente. Mas quando uma mulher comete exageros, sua auto-estima abaixa e acaba se lamentando, como se tivesse cometido um “erro”. Como consequência, muitas tentam corrigir o tal “erro” com mais restrição dietética ou excesso de exercícios de cardio, levando a um novo exagero no consumo de calorias.
SOLUÇÃO: Uma longa caminhada irá limpar a cabeça melhor do que um pacote de cookies. Uma boa série de exercícios de resistência aliviam mais as tensões do que quilos de sorvete. LEMBRE-SE DISSO!

#6 Comer demais a Noite


As mulheres que comem muito pouco durante o dia, e muitas vezes fazem até períodos de jejum no trabalho ou faculdade, muitas vezes premiam suas noites com alguns milhares de calorias extras. Por terem ficado o dia todo sem comer ou comendo pouco, ou até se alimentando de alimentos pouco nutritivos, seus corpos estão gritando por nutrição.
Essas horas de falta de alimentação elevam o hormônio catabólico cortisol. Esta combinação de altos níveis de cortisol, a exaustão de um dia de trabalho e quaisquer outras emoções incidentais irão se tornar uma bomba relógio para o exagero alimentar. Nenhuma pessoa, homem ou mulher, quer pensar sobre preparação de alimentos quando estão famintos. E menos ainda vai querer comprometer-se a uma cota específica de macros ou calorias quando seu estômago está quase digerindo a si mesmo.
SOLUÇÃO: Se as mulheres fracionarem bem as suas refeições para 5 ou 6 vezes por dia, comendo de forma e quantidade adequada, em cada uma delas provavelmente não irão sofrer tantos desejos noturnos, reduzindo a ingestão de gorduras desnecessárias.

#7 Comer pouca Proteína


A maioria das mulheres, até mesmo aquelas preocupadas com a saúde, não tem ideia se estão comendo proteínas em quantidade suficiente. Se perder gordura é o seu objetivo, então um consumo adequado em boas quantidades é muito benéfico. Por quê? Porque proteínas causam sensação de saciedade, preservam a massa muscular, ajudam a construir músculos, e durante a digestão queimam mais calorias que os carboidratos ou gorduras (possui um efeito térmico maior do que os outros dois macronutrientes).
Muitas mulheres preferem pegar pequenas porções de carne com medo de engordar e mais tarde compensam a falta de saciedade com cookies e outras “junk foods”, isto é chamado deslocamento dietético. As mulheres que estão tentando perder gordura comendo menos calorias totais e fazendo exercícios extras estão em um risco ainda maior de perda de massa muscular, o melhor componente em fazer os seus corpos mais eficientes na queima de gordura.
SOLUÇÃO: As mulheres precisam calcular suas necessidades diárias de proteínas com auxílio profissional (Nutrólogo ou Nutricionista) e controlar sua ingestão por um tempo para certificarem que estão ingerindo uma quantidade suficiente. Se o objetivo é a queima de gordura um consumo adequado de proteínas irá ter um grande impacto sobre os seus apetites e cinturas.

#8 Exageros com Gorduras Saudáveis


Nos últimos anos, as mulheres mais preocupadas com a saúde foram superando seu medo de gorduras saudáveis na dieta. Foram se tornando amantes do abacate, carne vermelha magra, manteiga ghee, óleo de coco, pastas de amendoim, e outros aliados na alimentação. Mas o exagero desses produtos pode levar a resultados desastrosos.
Sem dúvida, o ditado “gordura faz você gordo” está totalmente desatualizado. O grande problema é que muitas mulheres estão aprendendo que abacates e nozes cheios de gordura, na verdade, somam muitas calorias. Aquelas que ainda pensam que suas coxas estão imunes só porque as gorduras não fazem picos de insulina como os “carboidratos processados” estão equivocadas.
As gorduras e colesterol da dieta são ótimos para manter um bom metabolismo, principalmente para produção de hormônios sexuais. Porém, como possuem uma elevada carga calórica o consumo em exagero pode levar a um excesso de calorias que podem ser acumulados na forma de gordura.
SOLUÇÃO: As mulheres precisam de uma variedade de gorduras, incluindo algumas gorduras saturadas. Muitas se beneficiarão do consumo de ácidos graxos do tipo ômega-3, que são os mais benéficos para diminuir a inflamação e auxiliar as mulheres a perder gordura. Mas tudo precisa se consumido sem exageros e não usar as gorduras para substituir outro macronutriente como os carboidratos.

#9 Ir ao Extremo com Carboidratos


Não há dúvida de que a nossa população sedentária se beneficiaria ao deixar de lado os pães e massas feitas de farinha processada, mas incontáveis comedores de baixo carboidrato que tiveram grandes sucessos de primeira acabam atingidos platôs difíceis de superar.
O problema com planos low carb por longos períodos é que muitas mulheres praticantes de musculação podem, eventualmente, ficar mais gordas ao aderir a esses planos. Algumas mulheres que evitam amidos tendem a ter um apetite insaciável por gordura, já que sua necessidade de carboidratos não está sendo atendida, elas procuram se saciar com alimentos cheios de gordura e altamente calóricos. Estes alimentos ricos em gordura, mesmo que saudáveis, não são tão eficazes como os carboidratos em fazer todas as coisas que seus corpos treinados exigem.
Quanto mais músculos um corpo tem, maior sua capacidade de armazenamento de carboidratos como glicogênio. E quando as mulheres esgotar seu glicogênio muscular, eles não estão realmente queimando apenas gordura, mesmo que seus corpos pareceram menores. Eles só estão drenando seus músculos de energia utilizável e água.
SOLUÇÃO: Mulheres atléticas que querem um corpo magro e poderoso devem dar espaço em suas dietas para os carboidratos, especialmente em em períodos próximos aos seus treinos. Vai torná-los mais eficazes na academia e melhor para a construção muscular. Períodos low carb ou zero carb são recomendados apenas em períodos curtos para se atingir uma meta ou objetivo específico.

#10 Comer para Ser Doce


Várias mulheres se sentem na obrigação de comerem coisas que elas realmente não querem, apenas por ainda não terem dominado a arte do “não, obrigado.” Em um esforço para não parecerem mal educadas, quando oferecido, elas vão comer ou ingerir bebidas calóricas que realmente não querem mesmo que isso atrapalhe os seus objetivos.
SOLUÇÃO: Esta não é tão fácil. A solução depende da situação. Se não é um capricho de alguém que se esforçou muito para fazer aquele alimento pra você, a tarefa pode ser mais fácil. Mas se o alimento é um mimo de alguém que se esforçou muito para fazer aquilo especialmente para você, a tarefa fica mais difícil.
É claro que pequenas escapadinhas não vão fazer mal algum, se você faz algo corretamente 95% das vezes não são 5% que vão estragar os seus resultados. Uma mulher tentando mudar os seus hábitos alimentares vai precisar que amigos e familiares entendam a sua situação e aceitarem quando ela precisar dizer: “Dessa vez eu vou passar.”

É PRECISO SER MAIS FORTE QUE SEUS DESEJOS. SEUS OBJETIVOS VALEM MUITO MAIS!



Post Dicas de Treino http://www.dicasdetreino.com.br/#ixzz4UuqKRE47 

Follow us: @dicas_de_treino on Twitter | dicasdetreino on Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário